O Caminho para a Vida Eterna - CULTO AO VIVO: "FIQUEM COM A PALAVRA" 26 de junho de 2020

"FIQUEM COM A PALAVRA" 26 de junho de 2020

Reprodução da transcrição disponível em: https://mensajes.carpa.com/mensajes/1999/02/quedense-con-la-palabra/?lang=pt-br 

Estudo bíblico: http://imprenta.carpa.com/pt/estudiobiblico/viernes-26-de-junio-de-2020/

Muito boa noite, amáveis amigos e irmãos telespectadores, radiouvintes e os aqui presentes no Palácio dos Esportes, na cidade de Oruro, Bolívia. É para mim um privilégio grande estar com vocês nesta ocasião, para compartilhar uns momentos com vocês, ao redor do Programa Divino correspondente a este tempo final.

         Para o qual quero ler no Evangelho segundo São João, capítulo 6, versículos 60 ao 71, onde nos diz:

         Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isso, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir?

         Sabendo, pois, Jesus em si mesmo que os seus discípulos murmuravam a respeito disso, disse-lhes: Isto vos escandaliza?

         Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do Homem para onde primeiro estava?

         O espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos disse são espírito e vida.

         Mas há alguns de vós que não creem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam e quem era o que o havia de entregar.

         E dizia: Por isso, eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai lhe não for concedido.

         Desde então, muitos dos seus discípulos tornaram para trás e já não andavam com ele.

         Então, disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos?

         Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna,

         e nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho de Deus.

         Respondeu-lhe Jesus: Não...?

         Aqui, vejam vocês, temos uma passagem muito importante do ministério de Jesus, onde, por palavras que falou Cristo e que não foram compreendidas, muitos dos Seus discípulos, muitos dos que o tinham seguido, deixaram de seguir a Jesus; mas Pedro e os outros discípulos ficaram com Jesus.

         Nosso tema para esta ocasião é “FIQUEM COM A PALAVRA”.

         Cristo é o Verbo, a Palavra, que se fez carne; e ao estar em carne humana, continuava sendo a Palavra.

         Através do Antigo Testamento, Deus falou por meio dos profetas; e essa Palavra que falou é a Palavra Divina, o pensamento divino expresso. E toda pessoa que creu nessa Palavra Divina foi abençoada.

         E agora, na Palavra profética encontramos, no Antigo Testamento, as profecias da Primeira e Segunda Vinda de Cristo. E sendo que estão na Bíblia, são Palavra de Deus e está escrita: quando essa Palavra escrita se cumpre, os que diziam que criam nessa Palavra que estava escrita; estão chamados a crerem no cumprimento dessa Palavra na forma simples em que é cumprida. E os que ficam com o cumprimento dessa Palavra em carne humana, e seguem essa manifestação de Deus em carne humana, estão ficando com a Palavra, porque a Palavra se fez carne e está no meio do povo.

         Agora, disto foi do que nos falou São João no capítulo 1, versículo 1 em diante, quando nos diz:

         “No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

Ele estava no princípio com Deus.

Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.”

Nele, estava a vida e a vida era a luz dos homens   .”

Em seguida, no mesmo capítulo 1 de São João, versículo 9 ao 10, diz:

         “Ali estava a luz verdadeira, que alumia a todo homem que vem ao mundo,

estava no mundo, e o mundo foi feito por ele e o mundo não o conheceu.

Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.

Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus: aos que creem no seu nome,

os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus.

E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.”

Agora vejam como o Verbo que estava com Deus e era Deus e criou todas as coisas, e é a Luz de todo homem que vem a este mundo, em seguida se fez carne e habitou entre os seres humanos.

         Agora, quando se fala do Verbo que estava com Deus e era Deus e se fez carne, está se falando do mesmo Deus em Seu corpo teofânico, corpo da sexta dimensão, um corpo parecido ao nosso corpo, mas de outra dimensão.

         E Deus, estando nesse corpo teofânico da sexta dimensão, criou o universo completo, e colocou em seguida o ser humano neste planeta Terra.

         Antes do ser humano ser colocado neste planeta Terra, tinha sido colocado na sexta dimensão, com um corpo teofânico da sexta dimensão, igual ao corpo teofânico de Deus.

         Agora, o corpo teofânico, sendo parecido ao nosso corpo e pertencendo a outra dimensão, não pode estar nesta Terra trabalhando, ou seja: realizando trabalho com ferramentas, porque é um corpo de outra dimensão. Mas Deus deu a Adão também um corpo desta dimensão terrena, criando do pó da terra, um corpo de carne no qual colocou Adão, e Adão então podia trabalhar nesta Terra; e ele se tornou o rei deste planeta Terra.

         Agora, Deus ainda não tinha feito para Si mesmo um corpo de carne; mas em seguida, quando foi necessário, o fez; e isso foi quando Ele criou no ventre da virgem Maria uma célula de vida, a qual se multiplicou célula sobre célula, e foi assim criado o corpo de Jesus, o qual nasceu em Belém da Judéia; e nesse corpo Deus habitou em toda Sua plenitude. Era o Verbo que estava com Deus e era Deus, o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, Deus no Seu corpo teofânico, vindo à Terra e tomando um corpo de carne e habitando entre os seres humanos.

         Por isso o profeta Isaías, falando da Vinda do Messias, no capítulo 7, versículo 14, diz que o mesmo Senhor vos dará sinal; é um sinal eterno. Diz:

         “Portanto, o mesmo Senhor vos dará sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será seu nome Emanuel.”

         Emanuel significa ‘Deus conosco’.

         Agora, vejam que este menino que nasceria seria Emanuel, ou seja: Deus conosco. Era o próprio Deus Todo-Poderoso vindo entre os seres humanos vestido de um corpo de carne chamado Jesus, no qual habitou a plenitude de Deus.

         Agora, sendo que o Verbo, o corpo teofânico de Deus, estava dentro daquele véu de carne: o Verbo, a Palavra, tinha se encarnado. E agora as pessoas estavam chamadas a ouvir e seguir a Jesus Cristo nosso Salvador, porque Ele é o Verbo, a Palavra encarnada no meio do povo hebreu.

         Houve muitas pessoas que se levantaram contra Jesus, mas houve também um grupo de pessoas que creu em Jesus; mesmo que era uma situação difícil para os que criam em Jesus, pois a religião hebraica não o tinha aceitado como o Messias, o Governo do povo hebreu também não o tinha recebido como o Messias, e o Governo romano, que era o que governava sobre Israel, também não o tinham recebido como o Messias; mas houve um grupo de pessoas simples, as quais o receberam como o Messias prometido através de toda a Escritura.

         E agora, São Pedro é uma destas pessoas. E por isso quando Jesus diz aos Seus discípulos: “Querem vocês também ir?”, Pedro diz: “E a quem iremos? Tu tens palavras de vida eterna. E nós cremos, cremos e conhecemos que Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente.”

         Vejam a revelação tão grande que tinha o apóstolo São Pedro; revelação que não tinha o sumo sacerdote e que também não a tinham os membros do Concílio do Sinédrio.

         Agora, podemos ver a importância de ficar com a Palavra. Mesmo que as religiões daquele tempo não tivessem recebido a Jesus como o Messias prometido; mas “quem é de Deus, a Voz de Deus ouve”. E Cristo, falando sobre todos os filhos e filhas de Deus, os representou em ovelhas; e disse no capítulo 10, versículo 14 ao 16, de São João:

         “Eu sou o bom pastor; e conheço minhas ovelhas (…),

         Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai e ponho minha vida pelas ovelhas.

         Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão minha voz, e haverá um rebanho, e um pastor.”

         Esse rebanho é a Igreja do Senhor Jesus Cristo, e esse pastor é nosso amado Senhor Jesus Cristo.

         Aqui podemos ver o Programa Divino que Cristo realizaria para juntar todos os filhos e filhas de Deus, que estavam espalhados pelo mundo.

         Cristo veio buscar e salvar o que tinha se perdido, ou seja: todos os filhos e filhas de Deus, para restaurá-los à vida eterna. E essas pessoas têm uma alma que vem de Deus e, consequentemente, ouvem a Voz de Deus no tempo que lhes corresponde viver e ficam com a Palavra de Deus.

         Agora, quando a Palavra se encarna, eles veem essa Palavra prometida para esse tempo convertida em realidade, encarnada, e dizem: “Isto era o que eu estava esperando”, e reconhecem o cumprimento dessa Palavra encarnada.

         É muito importante a pessoa ficar com a Palavra, pois Cristo nos disse no capítulo 5 de São João, versículo 24:

         Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.

         Veem a importância de ficar com a Palavra de Deus? Pois a pessoa passa de morte a vida. Quando a pessoa nasce neste planeta Terra, a pessoa obtém um corpo mortal, corruptível e temporário, e recebe um espírito do mundo, e o inclina — esse espírito do mundo — para o mal.

         E por essa causa é que Cristo disse a Nicodemos no capítulo 3, versículo 1 em diante, de São João, que é necessário nascer de novo. Um novo nascimento é necessário, porque com o nascimento através de papai e mamãe nascemos em um mundo que está morto, sem vida eterna, um mundo que vive um tempo e depois morre.

         Mas Cristo disse que quem ouve Sua Palavra, e crê no que o enviou, tem vida eterna, e passou de morte a vida. A pessoa obteve um novo nascimento e obteve, consequentemente, um espírito teofânico da sexta dimensão; e para o Último Dia, se seu corpo fisicamente morreu, receberá um corpo eterno e glorificado o qual Cristo dará: os ressuscitará em corpos eternos; e nós os que vivemos; nos transformará; e então teremos vida eterna física também. Isso é para todos os que ouvem a Palavra de Jesus Cristo e ficam com a Palavra.

         Agora, vejam como Cristo fala a Nicodemos:

         “Jesus respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus.

         Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura, pode tornar a entrar no ventre de sua mãe e nascer?

         Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus.

         O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.

         Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo.

         É um requisito divino nascer de novo para entrar no Reino dos Céus.

         Toda pessoa que crê em Jesus Cristo como nosso Salvador e lava seus pecados no Sangue de Cristo e recebe Seu Espírito Santo: nasceu de novo, nasceu em lugares celestiais em Cristo Jesus e obteve um corpo teofânico da sexta dimensão, e nasceu do Céu; e assim começou na sua vida o Programa de Redenção: começou a se materializar nele esse Programa de Redenção, que é um Programa de criação divina onde Deus está criando uma nova raça.

         Deus está criando uma nova raça com vida eterna; e por isso se requer que a pessoa obtenha primeiro o corpo teofânico da sexta dimensão: para em seguida, no Último Dia, obter o corpo físico eterno, incorruptível, imortal e glorificado, igual ao corpo do nosso amado Senhor Jesus Cristo.

         Agora podemos ver a importância da pessoa ficar com a Palavra de Deus.

         Somente na Palavra Divina é que temos as promessas de vida eterna. Não há nenhum outro livro terreno que nos fale da vida eterna e nos garanta a vida eterna.

         Há muitas religiões na Terra, mas somente encontramos que há um homem que veio a esta Terra, pregou, morreu na Cruz do Calvário e em seguida ressuscitou; e esse é nosso amado Senhor Jesus Cristo. E se Ele nos fala da vida eterna e da ressurreição, Ele mostrou que é uma realidade o que Ele nos disse, porque Ele morreu e ressuscitou, e subiu ao Céu.

         Agora, podemos ver que nossa fé está colocada em nosso amado Senhor Jesus Cristo. Ele é o único que pode nos dar vida eterna; nenhuma outra pessoa nos pode dar vida eterna. Nos diz a Escritura que “nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.”

         Agora, podemos ver este mistério da vida eterna: está em Jesus Cristo nosso Salvador; e somente d’Ele é que podemos receber a vida eterna.

         Agora, Jesus Cristo esteve realizando uma Obra de criação divina: criando uma nova raça com vida eterna, da qual Jesus Cristo é o primeiro, é a cabeça. Por isso é que a Bíblia chama Jesus Cristo “o segundo Adão”. Por meio do primeiro Adão, todos morrem; por meio do segundo Adão, todos somos vivificados e obtemos vida eterna.

         Por meio do segundo Adão, através de crer n’Ele, em Jesus Cristo, lavar nossos pecados no Sangue de Cristo e receber Seu Espírito, obtemos vida eterna, e pertencemos a essa nova raça que está sendo criada por nosso amado Senhor Jesus Cristo.

         Esta nova raça é também chamada “a Igreja do Senhor Jesus Cristo”, e esta nova raça em seguida receberá o corpo físico e eterno, e seremos todos a imagem e semelhança do nosso amado Senhor Jesus Cristo.

         Agora, podemos ver por que é necessário a pessoa ficar com a Palavra: para assim receber todas as bênçãos de Jesus Cristo prometidas para esta Nova Criação que Ele está realizando. É uma Nova Criação.

         Portanto, quando os mortos em Cristo ressuscitarem e nós os que vivemos formos transformados, já não teremos este corpo de carne mortal, corruptível e temporário: teremos um novo corpo, eterno e glorificado, igual ao corpo de Jesus Cristo; e então veremos nosso amado Senhor Jesus Cristo em Seu corpo glorificado; e em seguida iremos com Cristo à Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu.

         Agora, para este tempo final, assim como em outros tempos, Deus enviou profetas mensageiros, Cristo enviou à Sua Igreja diferentes mensageiros — conforme o livro de Apocalipse —, para este tempo final Ele prometeu um profeta mensageiro, o qual virá à Igreja do Senhor Jesus Cristo para lhe revelar todos estes mistérios divinos correspondentes a este tempo final. Jesus Cristo mesmo em Apocalipse, capítulo 22, versículo 16, diz:

         “Eu, Jesus enviei meu anjo, para vos testificar estas coisas nas Igrejas.”

         Aqui temos a promessa de Jesus Cristo:

         “Eu, Jesus enviei meu anjo, para vos testificar estas coisas nas Igrejas.”

         O mesmo Anjo Mensageiro que Deus, que Jesus Cristo enviou ao apóstolo São João para dar a revelação do Apocalipse, é o mesmo Anjo que Jesus Cristo envia à Sua Igreja para lhe dar testemunho de todas estas coisas que em breve devem acontecer; e, para este Último Dia, esta promessa divina será uma realidade no meio da Igreja de Jesus Cristo; e por meio deste Anjo Mensageiro, este profeta mensageiro, Jesus Cristo estará nos revelando todas as coisas que hão de acontecer no tempo final.

         Em Apocalipse, capítulo 4, versículo 1, diz:

            “Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta ouvira falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer.”.

         E para revelar à sua Igreja todas estas coisas que acontecerão depois das que já aconteceram durante estes dois mil anos que transcorreram; Cristo enviará o Seu Anjo, conforme a como Ele o prometeu. Para por meio do Seu Anjo Mensageiro; serem reveladas todas estas coisas que em breve devem acontecer. Diz Apocalipse, capítulo 22, versículo 6:

         “E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras. O Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer.

         A quem enviou? O Seu Anjo Mensageiro. Para que? Para mostrar aos Seus servos as coisas que em breve devem acontecer.

         Nenhuma pessoa poderá entender as coisas que em breve devem acontecer, exceto aqueles que estarão recebendo e escutando a Palavra de Deus através do Anjo Mensageiro de Jesus Cristo; porque esse Anjo Mensageiro vem com a Palavra de Jesus Cristo, revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final.

         Continua dizendo:

         “Eis que presto venho. Bem-aventurado aquele que guarda as palavras (desta) da profecia…”.

         E esta é a profecia que traz o Anjo do Senhor Jesus Cristo revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer; porque uma profecia é uma Palavra profética da parte de Deus, que anuncia as coisas que hão de acontecer.

         Por isso é que também em Apocalipse, capítulo 1, versículo 1 ao 3, é mencionado o Anjo de Jesus Cristo, e diz:

         “Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou e as notificou a João, seu servo,”

         Por meio de quem recebeu João o apóstolo esta revelação do Apocalipse? Por meio do Anjo do Senhor Jesus Cristo, que é um profeta, um profeta Dispensacional, o qual Jesus Cristo enviou a João e o envia a Sua Igreja neste tempo final.

         Continua dizendo, no versículo 3:

         “Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.”

         São bem-aventurados os que escutam as palavras desta profecia ou leem as palavras desta profecia, porque as palavras desta profecia são as Palavras de Deus, a Palavra de Jesus Cristo para Sua Igreja, para todos os crentes n’Ele. E são bem-aventurados os que leem e escutam as palavras da profecia deste livro, que mostra; que dá testemunho das coisas que hão de acontecer.

         E agora, em Apocalipse, capítulo 1, versículo 10 ao 11, diz-nos João o apóstolo:

         “Eu fui arrebatado em Espírito, no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta,

         que dizia: Eu sou o Alfa e a Ômega, o primeiro e o último”.

         Quem é o Alfa e o Ômega? Quem é o primeiro e o último? Nosso amado Salvador Jesus Cristo. É a Voz de Jesus Cristo no Dia do Senhor, no Último Dia, ou seja: no sétimo milênio, sétimo milênio de Adão até aqui.

         E a Voz de Jesus Cristo como uma Grande Voz de Trombeta revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, a encontramos no Anjo do Senhor Jesus Cristo; porque assim como Jesus Cristo esteve em São Pedro, em São Pablo e em outros mensageiros das diferentes etapas da Igreja, Jesus Cristo em Espírito Santo também estaria em Seu Anjo Mensageiro nos falando todas estas coisas que em breve devem acontecer; e por meio do Seu Anjo Mensageiro falaria à Sua Igreja, e chamaria e juntaria os Seus escolhidos com a Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino. Trombeta que foi prometida em São Mateus 24, versículo 31, quando disse:

         “E Ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os Seus escolhidos...”

         Essa Grande Voz de Trombeta é a pregação do Evangelho do Reino, que gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação.

         E este mistério da Segunda Vinda de Cristo é o maior mistério dos Céus e da Terra; e este é o mistério que Cristo, com essa Grande Voz de Trombeta nos falando por meio do Seu Anjo Mensageiro, nos revela no tempo final. Esse é o mistério que nos dá no tempo final, no Último Dia: a fé para ser transformados e raptados e levados com Cristo à Ceia das Bodas do Cordeiro.

         Por isso é tão importante ficar com a Palavra de Deus.

         E quando a Palavra de Deus, o Verbo, se faz carne e se manifesta em cada era por meio do mensageiro de cada era, é necessário que os crentes em Cristo fiquem com essa Palavra encarnada no mensageiro de cada era.

         E assim também é para nosso tempo: é necessário ficar com a Palavra vinda em carne humana no Anjo Mensageiro do Senhor Jesus Cristo neste tempo final, nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer para assim receber a fé para ser transformados e obtermos o novo corpo que Cristo prometeu para cada um de vocês e para mim também.

         Estamos no tempo maior e glorioso de todos os tempos. Estamos no tempo para ficarmos e de ficarmos com a Palavra de Cristo vindo por meio do Seu Anjo Mensageiro.

         E são bem-aventurados os que leem e os que ouvem as palavras da profecia deste livro que o Anjo de Jesus Cristo deu a João em forma simbólica, e que, para este Último Dia, Cristo por meio do Seu Anjo daria a todos nós, nos revelando o significado destes símbolos apocalípticos e nos revelando assim todos estes símbolos apocalípticos que falam deste tempo final; e assim nos abrindo essas Escrituras; e ficando gravadas em vídeos, em folhetos e em fitas magnéticas [cassete], para que todos possam ler e escutar as palavras da profecia deste livro de Apocalipse, e entender as palavras da profecia deste livro profético que Jesus Cristo enviou por meio do Seu Anjo, a João, dois mil anos atrás aproximadamente; e à Sua Igreja neste tempo final, envia Seu Anjo Mensageiro para abrir estes mistérios do livro de Apocalipse, e para assim obter a fé para sermos transformados e levados com Cristo à Ceia das Bodas do Cordeiro.

         Agora, há algo muito importante que todos necessitamos compreender: este Anjo do Senhor Jesus Cristo não é o Senhor Jesus Cristo; ele é um redimido com o Sangue de Jesus Cristo. E por isso quando João, o apóstolo, tentou de adorá-lo em Apocalipse, capítulo 19, versículos 6 ao 10, e Apocalipse, capítulo 22, versículos 6 ao 10, este Anjo disse a João, o apóstolo, que não o fizesse. Por quê? Porque este Anjo é um profeta.

         Ele não é o Senhor Jesus Cristo, mas um profeta Dispensacional enviado por Jesus Cristo e chamado o Anjo do Senhor Jesus Cristo, ou seja: o Mensageiro do Senhor Jesus Cristo enviado à Sua Igreja para dar testemunho de todas estas coisas que em breve devem acontecer, para que assim todos fiquemos com a Palavra de Deus para este tempo final.

         E agora, onde estão os que no Último Dia no qual vivemos, ficariam com a Palavra de Deus? Aqui estamos nesta noite escutando Sua Palavra, Sua Voz, e dando graças a Cristo por nos dar Sua Palavra neste Último Dia.

         “FIQUEM COM A PALAVRA” foi nosso tema para esta noite, amáveis amigos, telespectadores, radiouvintes e os aqui presentes.

         Muito obrigado por sua amável atenção, amáveis amigos, telespectadores, radiouvintes e os aqui presentes.

         “FIQUEM COM A PALAVRA”.

         [Revisão junho 2020]

 

Eu, Jesus, enviei o meu anjo para dar a vocês este testemunho concernente às igrejas. Eu sou a Raiz e o Descendente de Davi, e a resplandecente Estrela da Manhã". Apocalipse 22:16