O Caminho para a Vida Eterna - CULTO AO VIVO: "O DOM DE DEUS DANDO ÁGUA VIVA" - 22 de maio de 2020

"O DOM DE DEUS DANDO ÁGUA VIVA" - 22 de maio de 2020

Reprodução da transcrição disponível em: https://mensajes.carpa.com/mensajes/1998/11/el-don-de-dios-dandonos-agua-viva/?lang=pt-br

Muito boa tarde amáveis amigos e irmãos presentes. É para mim um privilégio grande estar com vocês nesta ocasião, para compartilhar com vocês uns momentos de companheirismo entorno da Palavra de Deus e Seu Programa correspondente a este tempo final.

         Para o qual quero ler em São João, capítulo 4, versículos 1 ao 14, onde diz:

         E, quando o Senhor veio, a saber, que os fariseus tinham ouvido que Jesus fazia e batizava mais discípulos do que João

         (ainda que Jesus mesmo não batizava, mas os seus discípulos),

         deixou a Judéia e foi outra vez para a Galiléia.

         E era-lhe necessário passar por Samaria.

         Foi, pois, a uma cidade de Samaria, chamada Sicar, junto da herdade que Jacó tinha dado a seu filho José.

         E estava ali a fonte de Jacó. Jesus, pois, cansado do caminho, assentou-se assim junto da fonte. Era isso quase à hora sexta (ou seja de 11 às 12 do meio dia).

         Veio uma mulher de Samaria tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber.

         Porque os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida.

         Disse-lhe, pois, a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se comunicam com os samaritanos)?

         Jesus respondeu e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva.

         Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva?

         És tu maior do que Jacó, o nosso pai, que nos deu o poço, bebendo ele próprio dele, e os seus filhos, e o seu gado?

         Jesus respondeu e disse-lhe: Qualquer que beber desta água tornará a ter sede,

         mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna.”

         Que Deus abençoe nossas almas com Sua Palavra e nos permita entendê-la.

         “O DOM DE DEUS NOS DANDO ÁGUA VIVA”, ou seja: Água de vida eterna. Essa é a Água que dá Cristo, o dom de Deus manifestado em carne humana.

         O Messias prometido para o povo hebreu estava no meio do povo hebreu realizando Seu ministério messiânico; e esse é o dom de Deus para o povo hebreu e para a raça humana.

         “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

         O dom de Deus, o que Deus deu para salvação para a raça humana: deu o Seu Filho unigênito, “para que todo aquele que n’Ele crê, não pereça, mas tenha vida eterna”. Esse é o dom de Deus para os seres humanos, para dar vida eterna aos seres humanos.

         E agora, Cristo fala aqui da Água que Ele dá para vida eterna.

         A Água que Ele dá para vida eterna é Seu Espírito Santo. E por isso é que em São João, capítulo 7, versículo 37 ao 39, no último e grande dia da festa dos tabernáculos, diz:

         E, no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, que venha a mim e beba.

         Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.

         E isso disse ele do Espírito, que haviam de receber os que nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado.”

         Agora, vejam que essa Água viva, que jorra para vida eterna, é o Espírito de Cristo, o Espírito Santo, o qual Ele dá aos crentes n’Ele.

         E quando a pessoa crê em Jesus Cristo como nosso Salvador e lava seus pecados no Sangue de Cristo, e recebe Seu Espírito Santo: recebeu essa Água de vida eterna, recebeu esse Espírito de vida eterna e, consequentemente, obteve o novo nascimento e obteve um corpo teofânico da sexta dimensão.

         E se a pessoa morrer, depois de ter crido em Cristo como seu Salvador e lavado seus pecados no Sangue de Cristo e recebido Seu Espírito Santo, não tem nenhum problema: já está seguro, já tem vida eterna.

         “Quem ouve minha Palavra, e crê no que me enviou, tem vida eterna; e não entrará a condenação, mas passou de morte a vida.”

         E se passou de morte a vida, mesmo que seu corpo físico morrer não tem nenhum problema: já tem vida eterna; porque nos dias que viveu na Terra aproveitou seu tempo sabendo que o propósito do ser humano aqui na Terra é fazer contato com a vida eterna, e receber a vida eterna que Cristo dá; e isso se obtém crendo em Cristo como nosso Salvador e lavando nossos pecados no Sangue de Cristo e recebendo Seu Espírito Santo; e assim rios de Água viva, o Espírito Santo; corre por nosso interior.

         Agora podemos ver que a pessoa depois que recebeu a vida eterna, não importa que seu corpo físico morra, a pessoa vai ao Paraíso viver no corpo teofânico da sexta dimensão, e vive ali até que ocorra a ressurreição dos mortos em Cristo; para o qual Cristo estabeleceu o Último Dia; porque Deus tem tudo bem programado.

         Diz aqui em São João, capítulo 6, versículo 40:

         Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: que todo aquele que vê o Filho e crê nele tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último Dia.

         O Último Dia é chamado também o Dia do Senhor ou Dia de Jeová. Esse é o sétimo milênio, por quanto um dia diante do Senhor para os seres humanos é como mil anos, e mil anos dos nossos é um dia diante do Senhor. Disto dá testemunho São Pedro em Segunda de Pedro, capítulo 3, versículo 8; e também o profeta Moisés em Salmo 90 e versículo 4.

         Agora, podemos ver que é para o Último Dia (ou seja: para o sétimo milênio) que Cristo ressuscitará todos os crentes n’Ele que partiram; essa é a ressurreição dos mortos em Cristo.

         E os que ficarem vivos na Terra, e virem e receberem a Segunda Vinda de Cristo, e permanecerem vivos até que os mortos em Cristo ressuscitem; o que acontecerá? Pois seremos transformados.

         Agora, Cristo tem tudo bem ordenado, porque é um Programa Divino o qual Cristo está realizando.

         Vejam, em Primeira de Coríntios, onde nos fala São Paulo da ressurreição também…, já vimos que é para o Último Dia ou sétimo milênio. Agora, São Paulo nos diz do mesmo que Cristo nos falou: da ressurreição.

         E agora, Cristo nos falou também no capítulo 5, versículo 24 em diante (vamos lê-lo completo); diz [São João]:

         Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.

         Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão.

         Porque, como o Pai tem a vida em si mesmo, assim deu também ao Filho ter a vida em si mesmo.

         E deu-lhe o poder de exercer o juízo, porque é o Filho do Homem.

         Não vos maravilheis disso, porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz.

         E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida;...”

         Ouvirão a voz de quem? Ouvirão a Voz do Filho do Homem; porque para o Último Dia, que é o sétimo milênio, o Filho do Homem estará manifestado na Terra.

         E agora vamos ver essa Voz do Filho do Homem, essa Voz de Jesus Cristo falando no Último Dia.

         Vamos ler Apocalipse, capítulo 1, versículo 10 ao 11, e em seguida leremos também em Apocalipse, capítulo 4, versículo 1, todos esses lugares, e também em Primeira do Coríntios, capítulo 15, versículos 49 em diante.

         Em Apocalipse, capítulo 1, versículo 10 ao 11, diz:

         “Eu fui arrebatado em espírito, no dia do Senhor…”

         Em que dia estava João o apóstolo em espírito (porque foi transportado em espírito)? Foi transportado ao Dia do Senhor, que é o Último Dia, o qual é o sétimo milênio, no qual já estamos vivendo se acrescentarmos ao calendário os anos de atraso que tem.

         “… e ouvi detrás de mim uma grande voz como de trombeta,”

         Escutou uma voz de uma pessoa, e diz que era uma grande voz como de trombeta; não era uma trombeta literal, mas uma grande voz como de trombeta.

         Sempre a Voz de Cristo falando neste planeta Terra, através dos Seus mensageiros das sete idades da Igreja gentia, se escutou como uma trombeta falando; mas não é uma trombeta literal, mas a Voz de Cristo por meio do mensageiro de cada era, com a Mensagem de cada era. Mas agora Cristo no Último Dia, no Dia do Senhor, fala com uma Grande Voz de Trombeta; isso é uma Mensagem dispensacional.

         E agora vejamos, diz:

         “… e ouvi detrás de mim uma grande voz como de trombeta,

         que dizia: Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o último.”

         E quem é o Alfa e o Ômega? Quem é o primeiro e o último? Pois nosso amado Senhor Jesus Cristo. É a Voz de Jesus Cristo no Último Dia falando a Sua Igreja todas estas coisas que em breve devem acontecer; e assim é como a Igreja do Senhor Jesus Cristo escutará a Grande Voz de Trombeta, para que em seguida os mortos em Cristo ressuscitem, depois que os escolhidos de Deus tiverem sido chamados e juntados com essa Grande Voz de Trombeta; da qual Cristo também falou em São Mateus 24, versículo 31, quando disse:

         “E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos...”

         Os escolhidos do Último Dia dentre os gentios são os membros da Igreja de Jesus Cristo, que no Último Dia estarão esperando a Vinda do Senhor e estarão esperando escutar a Voz de Cristo, essa Grande Voz de Trombeta, chamando-os e juntando-os no Corpo Místico de Cristo, na Era da Pedra Angular.

         E agora, a Voz de Cristo, a Grande Voz de Trombeta, a Trombeta Final, a Voz do Alfa e do Ômega, nosso amado Senhor Jesus Cristo, o que estará falando? Em Apocalipse, capítulo 4, versículo 1, diz:

         “Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta…”

         Aqui temos de novo a Voz de Cristo como uma trombeta falando.

         Quando se diz “uma trombeta” é uma Mensagem urgente para o povo de Deus, da parte de Jesus Cristo; ou seja: Jesus Cristo em Espírito Santo manifestado em um mensageiro, falando a Seu povo uma Mensagem urgente; e com essa Mensagem chama e junta os Seus escolhidos em cada era.

         Agora, esta Voz o que disse?

         “… e a primeira voz, que como de trombeta, ouvira falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer.”

         Cristo pede aos que o escutam que subam onde Ele está.

         E onde Ele esteve em eras passadas? Ele esteve em etapas passadas em cada era correspondente à Igreja de Jesus Cristo, e no território correspondente a essa era, e no mensageiro correspondente a essa era; e esteve falando por meio de cada um desses sete mensageiros que Ele teve nas sete eras da Sua Igreja.

         Mas agora, para o Último Dia, Ele sobe à Era da Pedra Angular, e aí é onde Ele se manifesta e fala a Sua Igreja com essa Grande Voz de Trombeta, ou seja: com a Mensagem da Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino, que é uma Mensagem dispensacional; e fala urgentemente a Sua Igreja e revela todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final, depois das que já aconteceram em tempos passados.

         Agora vejam, diz:

         “Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer (depois das que já aconteceram em tempos passados).

         Agora, a forma de conhecer as coisas que estarão acontecendo neste tempo final é escutando a Voz de Cristo.

         E por meio de quem Cristo estará falando no Último Dia e revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer?

         Assim como falou por meio dos profetas no Antigo Testamento — o Espírito de Cristo — as coisas que tinham que ser faladas, e depois falou por meio de Jesus, e depois falou por meio dos apóstolos, e depois falou por meio dos Seus sete anjos mensageiros; agora vejamos por meio de quem estará falando a Sua Igreja e lhe revelando todas as coisas que hão de acontecer neste tempo final. Em Apocalipse, capítulo 22, versículo 6, diz:

         E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras. O Senhor, o Deus dos espíritos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer.

         A quem enviou? O Seu Anjo Mensageiro. Para que? Para mostrar a Seus servos as coisas que em breve devem acontecer. Mostra a Sua Igreja as coisas que hão de acontecer neste tempo final.

         É por meio do Seu Anjo Mensageiro que Jesus Cristo se manifesta no Último Dia, ungindo Seu Anjo Mensageiro, e colocando na boca e no coração do Seu Anjo Mensageiro a revelação de todas estas coisas que devem acontecer; e por meio do Seu Anjo Mensageiro revela a sua Igreja todas estas coisas que devem acontecer neste tempo final.

         E essa Mensagem com a qual vem o Anjo de Jesus Cristo é uma Mensagem dispensacional: é a Mensagem da Dispensação do Reino, a Mensagem do Evangelho do Reino, que gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação.

         Por isso é que também em Apocalipse 22, versículo 16, Cristo reitera:

         “Eu, Jesus enviei meu anjo, para vos testificar estas coisas nas Igrejas.”

         Quem é o Enviado de Cristo para dar testemunho de todas estas coisas que hão de acontecer? O Anjo Mensageiro do Senhor Jesus Cristo, que é o último profeta que Jesus Cristo envia ao planeta Terra; e o envia a Sua Igreja primeiro e depois o enviará ao povo hebreu; e o envia com a Mensagem do Evangelho do Reino, com a qual são reveladas todas as coisas que hão de acontecer neste tempo final.

         Essa Mensagem, sendo a Voz de Cristo por meio do Seu Anjo Mensageiro, é essa Grande Voz de Trombeta, a Voz de Cristo falando a Sua Igreja neste tempo final; da qual falou São Paulo também, quando disse em Primeira de Coríntios, capítulo 15, versículo 49 ao 54:

         “E, assim como trouxemos a imagem do terreno, assim traremos também a imagem do celestial (ou seja: que seremos a imagem e semelhança de Jesus Cristo nosso Senhor).

         E, agora, digo isto, irmãos: que carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção.”

         Ou seja: que não podemos continuar vivendo por toda a eternidade com este corpo mortal, corruptível e temporário, porque este corpo é para viver somente uma temporada aqui e fazer contato com a vida eterna, e tomar da Água da Vida gratuitamente, e viver por toda a eternidade; mas viveremos em um novo corpo, o qual será eterno, o qual será glorificado, o qual será igual ao corpo de Jesus Cristo e o qual será jovenzinho por toda a eternidade. Continua dizendo:

         “Eis aqui, vos digo um mistério (recordem que é um mistério do Reino de Deus): Na verdade, nem todos dormiremos (ou seja: que nem todos vamos morrer), mas todos seremos transformados (ou seja: que teremos uma mudança de corpo, uma transformação, e então teremos um novo corpo)…

         Os mortos que ressuscitarão, ressuscitarão em um corpo eterno, e nós seremos transformados, e então teremos um corpo eterno. E diz:

         “… num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

         Porque convém que isto que é corruptível se vista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade (é necessário, para poder viver eternamente fisicamente em um corpo imortal).

         E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: tragada foi a morte na vitória.”

         E daí em diante não haverá mais morte para os filhos e filhas de Deus. O corpo no qual viveremos nunca morrerá, nunca adoecerá, nunca terá os problemas que este corpo mortal, corruptível e temporário tem.

         Mas para obter esse corpo, primeiramente temos que tomar da Água da vida eterna que Cristo nos oferece, crendo em Cristo como nosso Salvador, lavando nossos pecados no Sangue de Cristo e recebendo Seu Espírito Santo; e assim recebemos o corpo teofânico da sexta dimensão. E tudo isto é possível por quanto Cristo em Sua Primeira Vinda realizou a Obra de Redenção na Cruz do Calvário para nos dar da Água de vida eterna, e assim nos dar Seu Espírito, e assim nos dar vida eterna.

         Já temos vida eterna, ao crer em Cristo e receber Seu Espírito Santo, mas o corpo físico ainda é mortal, corruptível e temporário. E com a Vinda de Cristo, o Anjo do Pacto manifestado no Último Dia, nos falando por meio do Seu Anjo Mensageiro todas estas coisas que em breve devem acontecer, estará nos soando, nos tocando essa Trombeta Final (que é a Voz de Cristo, a Voz do Alfa e do Ômega), e nos estará revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, e estará nos preparando para sermos transformados e raptados neste tempo final, e levados a Casa do nosso Pai celestial.

         Por isso, assim como tomamos e cremos no Evangelho da Graça, que gira ao redor da Primeira Vinda de Cristo como o Cordeiro de Deus, para receber o novo nascimento; também para o Último Dia os escolhidos estarão crendo na Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor de senhores, para receber a transformação do seu corpo, e assim receber o novo corpo que Cristo prometeu para todos nós.

         E os mortos em Cristo também escutarão a Voz do Filho do Homem e ressuscitarão em corpos eternos. A Voz do Filho do Homem, a Grande Voz de Trombeta ou Trombeta Final, a Voz do Alfa e do Ômega, a Voz do nosso amado Senhor Jesus Cristo nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, nos dando - nos revelando estas coisas por meio do Seu Anjo Mensageiro.

         E assim como nós escutamos nesta Terra Sua Voz, também os Santos que estão no Paraíso, os que partiram, escutam também lá a Voz de Cristo; porque eles podem olhar de lá para cá, e podem escutar também o que aqui se fala; e podem escutar a Voz do Filho do Homem nos falando, a Voz do Alfa e do Ômega, a Voz do primeiro e o último, nos falando por meio do Seu Anjo Mensageiro todas estas coisas que em breve devem acontecer, para sermos chamados, juntados e preparados para sermos transformados neste tempo final; e os Santos que partiram, para serem ressuscitados neste tempo final em corpos eternos.

         Agora vimos que com a Vinda do Anjo do Pacto, Jesus Cristo, o Anjo Forte, velando-se e revelando-se por meio do Seu Anjo Mensageiro e nos falando com essa Grande Voz de Trombeta, com essa Mensagem da Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino, todas estas coisas que em breve devem acontecer, estamos escutando o que? A Grande Voz de Trombeta, essa Trombeta Final da qual fala São Paulo, para sermos chamados, juntados e preparados para sermos transformados neste tempo final.

         E em Apocalipse, capítulo 21, versículo 6, Cristo nos diz por meio do Seu Anjo Mensageiro:

         “E disse-me mais: Está cumprido; Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.”

         E em Apocalipse, capítulo 22, versículo 16, diz (ao 17):

         “Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a resplandecente Estrela da manhã.

E o Espírito e a esposa dizem: Vem! E quem ouve diga: Vem! E quem tem sede venha; e quem quiser tome de graça da água da vida.”

         E assim para obter vida eterna e obter o corpo teofânico da sexta dimensão, temos crido em Cristo como nosso Salvador, crendo em Sua Primeira Vinda e Sua Obra de Redenção na Cruz do Calvário, para poder receber do Seu Espírito Santo e obter vida eterna e obter o corpo teofânico da sexta dimensão. Para este tempo final, também os filhos e filhas de Deus creriam em Sua Segunda Vinda para receber a Água de Vida, para receber a plenitude do Espírito Santo, e receber o corpo eterno e glorificado que Ele prometeu para cada um de vocês e para mim também.

         Para isso é que Ele vem em Sua Segunda Vinda: para chamar, juntar Seus escolhidos, e prepará-los para serem transformados e raptados, e levados à Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu.

         Agora, vimos este mistério de “O DOM DE DEUS NOS DANDO ÁGUA VIVA”.

         Deu-nos as primícias do Espírito e assim nos deu vida eterna, e temos vida eterna e temos um corpo teofânico da sexta dimensão; e por isso, se nosso corpo físico morrer não há nenhum problema: nós vamos viver no Paraíso, onde não há problemas como há aqui na Terra.

         Mas sabem vocês de uma coisa? Que sem a Segunda Vinda de Cristo não há ressurreição nem há novo corpo, o qual Ele prometeu.

         E com Sua Vinda (a Vinda do Anjo do Pacto, do Anjo do Senhor), manifestado no tempo final e nos falando por meio do Seu Anjo Mensageiro todas estas coisas que em breve devem acontecer, Cristo nos falando, é essa Grande Voz de Trombeta: a Voz de Cristo nos falando e nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, para que nós possamos ser preparados para tomar do Espírito Santo em toda Sua plenitude.

         Já tomamos do Espírito Santo as primícias, que é o batismo do Espírito Santo, mas temos a promessa para o Último Dia da plenitude do Espírito Santo; mas antes de ter a plenitude, temos que ter as primícias: temos que ter nascido de novo crendo em Cristo como nosso Salvador e recebendo Seu Espírito Santo.

         Agora, para os que receberam a Cristo como seu Salvador e lavaram seus pecados no Sangue de Cristo, é a Grande Voz de Trombeta chamando-os e juntando-os e preparando-os para serem transformados neste tempo final; ou seja: que a plenitude do Espírito Santo é para os que tiverem as primícias do Espírito Santo.

         E isso será a adoção para os filhos e filhas de Deus; a adoção, que é a redenção do corpo, onde os filhos de Deus voltarão a ter um corpo eterno, e terão um corpo como o corpo eterno do nosso amado Senhor Jesus Cristo; e assim seremos a imagem e semelhança do nosso amado Senhor Jesus Cristo, a imagem e semelhança do Alfa e do Ômega, do primeiro e o último.

         Vimos a bênção tão grande que Deus nos deu ao nos dar a Primeira Vinda de Cristo e também a bênção tão grande que há na Segunda Vinda de Cristo.

         Na Primeira Vinda Ele vem como Cordeiro de Deus para tirar o pecado do mundo morrendo na Cruz do Calvário em Sua Obra de Redenção. E em Sua Segunda Vinda vem como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação, para nos dar a plenitude do Espírito Santo, para os mortos em Cristo serem ressuscitados em corpos eternos e nós os que vivemos sermos transformados.

         Assim como em Sua Primeira Vinda, nos dá as primícias, produzindo em nós o novo nascimento ao crer em Cristo como nosso Salvador e lavar nossos pecados no Sangue de Cristo e recebermos Seu Espírito Santo; e aí é que tomamos da Água de vida eterna e obtemos vida eterna: ao tomar do Seu Espírito Santo, ao receber Seu Espírito Santo.

         E para o Último Dia receberemos a plenitude do Espírito Santo, e assim receberemos a imortalidade física também.

         Tudo isso vem da parte de O DOM DE DEUS NOS DANDO ÁGUA DE VIDA, ou Água viva, que é Água de vida eterna.

         Foi para mim um privilégio grande estar com vocês nesta ocasião lhes dando testemunho de “O DOM DE DEUS NOS DANDO ÁGUA VIVA”.

         [Revisão maio 2020]

 

 

Eu, Jesus, enviei o meu anjo para dar a vocês este testemunho concernente às igrejas. Eu sou a Raiz e o Descendente de Davi, e a resplandecente Estrela da Manhã". Apocalipse 22:16