O Caminho para a Vida Eterna - CULTO AO VIVO: "OLHANDO E VENDO A JESUS NO ÚLTIMO DIA" - 17 de abril de 2020

"OLHANDO E VENDO A JESUS NO ÚLTIMO DIA" - 17 de abril de 2020

Reprodução da transcrição disponível em: https://mensajes.carpa.com/mensajes/1998/10/mirando-y-viendo-a-jesus-en-el-dia-postrero/

Muito boa noite amados amigos e irmãos presentes, aqui em Santiago do Chile. É para mim uma grande bênção estar com vocês nesta ocasião, desfrutando estes momentos de companheirismo espiritual, recolhimento espiritual, glorificando a Deus e escutando Sua Palavra.

  Nos Deus diz por meio do profeta Isaías no capítulo 45, versículos 21 ao 25, da seguinte maneira, e vamos ler:

  “Anunciai, e chegai-vos, e tomai conselho todos juntos; quem fez ouvir isso desde a antiguidade? Quem, desde então, o anunciou? Porventura, não sou eu, o SENHOR? E não há outro Deus senão eu; Deus justo e Salvador, não há fora de mim.

Olhai para mim e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro.

Por mim mesmo tenho jurado; saiu da minha boca a palavra de justiça e não tornará atrás: que diante de mim se dobrará todo joelho, e por mim jurará toda língua.

De mim se dirá: Deveras no SENHOR há justiça e força; até ele virão, mas serão envergonhados todos os que se irritarem contra ele.

Mas no SENHOR será justificada e se gloriará toda a descendência de Israel.”

  Que Deus abençoe nossas almas com Sua Palavra e nos permita entendê-la.

  Deus aqui se identifica como o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó; e Ele diz que a Ele se dobrará todo joelho; e Ele diz também que olhem para Ele todos os termos da Terra e sejam salvos, porque somente n’Ele há salvação, no Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó. O Deus de Israel é o Deus criador dos Céus e da Terra; e não há outro Deus, somente esse Deus.

  E agora, Ele diz:

  “Olhai para mim e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro.”

  Muitas pessoas buscam Deus, mas não o encontram porque não sabem o que estão buscando; mesmo que digam que estão buscando Deus, mas não conhecem as promessas divinas, não conhecem o Programa Divino, para saber como Ele estará velado e revelado em cada etapa, em cada era, para podê-lo ver manifestado e poder receber as bênçãos d’Ele.

  O Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, podemos ver no Antigo Testamento, que esteve velado e revelado no profeta Moisés, e por meio do profeta Moisés trouxe os juízos divinos sobre o povo egípcio e por meio do profeta Moisés libertou o povo hebreu.

E todos os que olhavam a Moisés e criam em sua Mensagem, recebiam sua Mensagem, e seguiam a orientação de Moisés, o que estavam fazendo? Estavam olhando a Deus manifestado em Moisés e, consequentemente, estavam vendo a orientação de Deus através do profeta Moisés e estavam escutando a Voz de Deus por meio do profeta Moisés.

Porque para Deus se manifestar no meio dos seres humanos e falar ao Seu povo, Ele sempre o fez por meio de um homem. Em Deuteronômio, capítulo 18, versículo 15 ao 19, diz:

“O SENHOR, teu Deus, te despertará um profeta do meio de ti, de teus irmãos, como eu; a ele ouvireis;

conforme tudo o que pediste ao SENHOR, teu Deus, em Horebe, no dia da congregação (ou seja, no Monte Sinai), dizendo: Não ouvirei mais a voz do SENHOR, meu Deus, nem mais verei este grande fogo, para que não morra.

Então, o SENHOR me disse: Bem falaram naquilo que disseram.

Eis que lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar.

E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele.”

Onde Deus coloca Sua Palavra? Na boca do profeta que Ele envia; e esse profeta fala com ao povo tudo o que Deus mande para que fale ao povo.

E as pessoas que escutam esse profeta estão escutando a Voz de Deus por meio de um profeta, de um homem, e são abençoados; porque “quem recebe a profeta em nome de profeta, recompensa de profeta recebe” [São Mateus 10:41], recebe as bênçãos que Deus envia por meio desse profeta.

“… e ele lhes falará tudo o que eu lhe mandar.”

O que falará? Tudo o que Deus lhe mande falar ao povo.

“E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele.”

Agora vejam que todo ser humano tem uma responsabilidade diante de Deus, e é de escutar a Voz de Deus.

Mas algumas pessoas dizem: “Eu gostaria de ouvir desde lá, desde as nuvens, a Voz de Deus”. Mas vejam, não tem que ir tão acima, não tem que subir tanto: busque o homem de Deus, o profeta que Deus tem na Terra, e escute sua Mensagem, e aí estará escutando a Voz de Deus. Mas querem ir em um avião às nuvens, para lá escutar a Voz de Deus; mas vejam; Deus fez tão simples.

Agora vejam; Deus coloca Sua Palavra na boca de Seus profetas; e por isso, quando eles falam e em seguida foi escrita, a temos aqui, e é chamada a Bíblia.

Agora, graças a Deus, porque enviou profetas onde colocou Sua Palavra; e eles falaram essa Palavra, e também ficou impressa essa Palavra; e por isso é que temos esta bênção tão grande de ter a Bíblia, que é a Palavra de Deus, que veio por meio de homens de Deus que falaram inspirados pelo Espírito Santo.

Isso é o que diz São Pedro em sua primeira carta (vejamos); São Pedro nos fala disto. Primeira de Pedro, capítulo 1, versículo 10 em diante, diz:

“Da qual salvação inquiriram e trataram diligentemente os profetas que profetizaram da graça que vos foi dada,

indagando que tempo ou que ocasião de tempo o Espírito de Cristo, que estava neles (Que espírito era o que estava neles? O Espírito de Cristo, o Espírito Santo), indicava, anteriormente testificando (Seus sofrimentos, ou seja:) os sofrimentos que a Cristo haviam de vir e a glória que se lhes havia de seguir.”

Agora podemos ver que foi o Espírito de Cristo nos profetas do Antigo Testamento, e depois veio em Jesus em toda Sua plenitude. O Espírito Santo, o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, que tinha libertado o povo hebreu, em seguida veio em toda Sua plenitude manifestado nesse jovem carpinteiro de Nazaré chamado Jesus.

E era tão grande a manifestação de Deus n’Ele que ninguém podia fazer aquelas coisas que Jesus fazia. Nicodemos Dizia [São João 3:2]: “… Se Deus não estiver com ele”, dizia a Jesus Nicodemos.

Mas agora vejam vocês que as pessoas daquele tempo tropeçaram com Jesus; porque era um homem bem simples, a tal grau que não tinha universidade, nem tinha títulos humanos; maravilhavam-se d’Ele e diziam [São João 7:15]: “Como sabe este letras, não as tendo aprendido?” Veem? Não tinha estudado, e, entretanto, falava coisas que os grandes doutores em divindade não entendiam, e não as podiam falar na forma que Jesus falava e também não podiam fazer as coisas que Jesus fazia.

Assim que estava se manifestando em carne humana o Deus Todo-poderoso realizando as promessas, cumprindo as promessas que Ele tinha feito para aquele tempo; estava na Terra o homem ungido com o Espírito de Deus em toda Sua plenitude; isso é a Vinda do Anjo do Pacto, do Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, que libertou o povo hebreu. Por meio desse corpo chamado Jesus, Ele realizaria também a Obra de Redenção na Cruz do Calvário e assim tiraria o pecado do mundo.

Mas as pessoas daquele tempo, muito poucas, sabendo que o Messias tinha que estar na Terra; muito poucas souberam como o Messias tinha que estar na Terra; muito poucas sabiam o que estavam buscamos; mesmo que dissessem que estavam esperando a Vinda do Messias, mas não sabiam o que estavam buscamos no sentido de que não sabiam que seria em um jovem, e que seria um carpinteiro, e que estaria vivendo em Nazaré, mas que tinha nascido em Belém da Judéia, e assim por diante; ou seja: não sabiam o que estavam buscando.

E não sabiam que tinha que ser a Palavra, o Verbo, o Anjo do Pacto encarnado, em um homem simples do povo hebreu. E por quanto não sabiam o que estavam buscando, eles talvez esperavam um homem com grandes doutorados universitários, e principalmente em teologia, mas olhem, veio um simples jovem carpinteiro.

E nesse jovem carpinteiro do Nazaré estava o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, encarnado vivendo no meio do povo hebreu; e já levava cerca de 30 anos e ainda não se sabia sobre a Vinda do Messias; embora umas pessoas sim soubessem, como Maria, José, Isabel a mãe de João Batista, o sacerdote Zacarias, também Simeão e Ana, e aqueles pastores que foram para ver Jesus na noite em que Ele nasceu. Muito poucas pessoas souberam que já estava na Terra o Messias quando estava nascendo em Belém da Judéia.

E depois, perto de 30 anos depois, foi que se manifestou o Seu ministério no meio do povo hebreu; mas a Vinda do Messias estava ali na Terra por muitíssimos anos.

Agora vejam vocês que não sabiam o que eles estavam buscando; mas sabiam que o Messias tinha que vir; mas não sabiam como seria a Vinda do Messias, mesmo que as profecias estivessem aí na Bíblia.

Agora, podemos compreender por que eles não olharam a Jesus para ver em Jesus o cumprimento da Vinda do Messias.

Mas o que pensariam eles? “Olhar neste jovem carpinteiro, em um jovem carpinteiro, e dizer que é nosso rei? Nós estamos esperando um rei e não um carpinteiro, e menos de Nazaré”. Porque diziam [São João 1:46]: “De Nazaré, saiu algo de bom? Nunca saiu nenhum profeta. E agora vai sair de lá o Messias, quando a Bíblia diz que tem que ser de Belém da Judéia?”. Mas “de Belém da Judéia”, essa parte já cumpriu quando nasceu [Miquéias 5:2, São Mateus 2:5-6].

Agora, podemos ver como aconteceu tudo…

E os olhos dos sábios e entendidos (ou seja: dos teólogos e doutores em divindade, do sumo sacerdote e sacerdotes daquele tempo) foram cegados: foram cegados pelo véu de carne no qual veio o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, velado e revelado em carne humana.

Mas, vejam vocês, houve pessoas que tinham olhos para ver e ouvidos para ouvir, aos quais, Jesus disse… Eles perguntavam a Jesus: “por que Tu lhes falas por parábolas?”. Jesus disse: “Porque a vós é concedido conhecer os mistérios do Reino dos Céus, mas a eles não é concedido; por isso falo em parábolas” [São Mateus 13:10-17, São Marcos 4:10-12, São Lucas 8:9-10]. Porque a revelação divina é para os escolhidos de Deus.

E agora, Jesus também diz: “Mais bem-aventurados vossos olhos, porque veem; e vossos ouvidos, porque ouvem. Porque muitos dos profetas desejaram ver o que vós vedes, e não viram; e ouvir o que vós ouvis, e não ouviram.”

Todos desejaram ver a Vinda do Messias cumprida, e os apóstolos e seguidores de Jesus estavam vendo a Vinda do Messias cumprida em um jovem carpinteiro chamado Jesus, um simples jovem.

E todos tinham desejado ouvir o que estavam ouvindo os apóstolos, desejavam ouvir o Messias pregando o ano da boa vontade do Senhor; mas não puderam escutar os profetas e sábios do passado, antes de Jesus, porque não era para o tempo dos patriarcas e dos profetas, mas que era para aquele tempo onde Ele apareceu; onde o último profeta que estava na Terra antes de Jesus era João Batista, e esse sim teve o privilégio de ver a Vinda do Messias, e identificar a Vinda do Messias dizendo [São João 1:29]: “Eis aqui o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo”; e dizer também [São João 1:15, 27, 30]: “Este é aquele do qual eu disse que viria depois de mim” (teve um grande privilégio); e também disse [São João 3:30]: “A Ele convém crescer, e a mim minguar.”

Agora vejam todas as coisas que aconteceram naquele tempo, em uma forma tão simples que algumas pessoas não podiam conceber que a presença de Jesus na Terra pregando era o cumprimento da Vinda do Messias.

Agora vejam; de um operário da construção a um pregador… Vejam, todos podiam dizer: “Este não estudou; não tem preparação da universidade ou dos seminários, não tem credenciais religiosas de algum concílio. Ele, de ser um carpinteiro do Nazaré, se converteu em um pregador, e agora diz que é o Messias.” Mas todas as promessas messiânicas correspondentes à Primeira Vinda de Cristo estavam se cumprindo em Jesus.

E onde você vir a Palavra sendo cumprida, pois nesse véu de carne é que está o cumprimento do que Deus prometeu para esse tempo; aí está a Palavra velada em carne humana e por meio de carne humana revelada ao povo. Recordem que para ver Jesus é preciso que procurar e ver a Palavra encarnada.

E agora, encontramos que depois do ministério de Jesus, de Sua morte, ressurreição e ascensão ao Céu, em seguida chegou o Dia de Pentecoste, onde 120 pessoas foram cheias do Espírito Santo, crentes em Jesus Cristo; e daí em diante; encontramos que começou a Igreja do Senhor Jesus Cristo. Ali nasceu no Dia do Pentecostes; e depois começou a etapa com os gentios, quando o Evangelho passou aos gentios.

E entre os gentios, vejam vocês, Cristo estava manifestado também; pois Ele disse que estaria com eles, Ele disse [São Mateus 28:20]: “Eu estarei convosco até o fim do mundo”. Ele também disse que o mundo não o veria mais, mas disse: “… Mas vós me vereis” [São João 14:19].

Agora, temos que saber o que buscamos para poder ver o que estamos buscamos.

Através das diferentes etapas ou eras da Igreja, o Senhor Jesus Cristo em Espírito Santo esteve velado e revelado em cada era por meio do mensageiro de cada era; e no mensageiro de cada era foi visto Jesus Cristo, o Anjo do Pacto, em Espírito Santo, velado e revelado no anjo mensageiro de cada era.

E os que viram essa manifestação e creram e seguiram a Cristo, estiveram olhando Jesus na era que lhes correspondeu viver; foi uma manifestação em carne humana de Jesus através do mensageiro de cada era.

E por meio do mensageiro de cada era, Jesus Cristo falou. E os escolhidos escutaram a Voz de Deus, porque “quem é de Deus, a Voz de Deus ouve” [São João 8:47]; e assim foram colocados na era que lhes correspondeu viver, e estiveram no passo correspondente ao tempo que lhes correspondeu viver.

Pensemos que isto é (esta pirâmide) é também como uma escada, como a escada que Jacó viu. E agora cada escolhido tem que estar no degrau que corresponde com o mensageiro que corresponde; se, se coloca fora do ciclo divino da era que corresponde, está fora (está fora do que?), fora do passo.

Agora podemos ver como viram Jesus Cristo em cada era, os escolhidos de Deus: viram-no velado e revelado em carne humana no mensageiro de cada era.

E foi assim como se cumpriu cada era da Igreja de Jesus Cristo entre os gentios durante estas sete etapas correspondentes à Dispensação da Graça.

E agora como vamos ver Jesus neste tempo final, neste dia em que vivemos? Pois o veremos na Era da Pedra Angular velado e revelado, conforme a como Ele prometeu para este tempo final.

O precursor da Segunda Vinda de Cristo, o reverendo William Branham, nos falando sobre a Vinda de Cristo para o Último Dia nos refere o capítulo 19 de Apocalipse, onde aparece o Cavaleiro do cavalo branco (o qual tem por nome O VERBO DE DEUS, e tem escrito na Sua coxa e na Sua vestimenta REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES). Desse Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19, diz o reverendo William Branham no livro Os Selos, página 256:

“121. Mas quando nosso Senhor aparecer sobre a Terra, Ele virá sobre um cavalo branco como a neve, e será completamente Emanuel — a Palavra de Deus encarnada em um homem.”

Para poder ver Jesus no Último Dia, é preciso buscá-lo manifestado em carne humana em um homem, velado em um homem e revelado por meio desse homem, no cumprimento das promessas correspondentes ao Último Dia; porque Ele estará presente nesta Terra cumprindo as promessas correspondentes à Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino, cumprindo as promessas messiânicas correspondentes a este tempo final.

Mas esse homem não será o Senhor Jesus Cristo; esse homem será o Anjo do Senhor Jesus Cristo, através do qual Jesus Cristo estará em Espírito Santo — em Seu Anjo Mensageiro — velado e revelado, nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer. E os escolhidos de Deus estarão vendo e escutando ao nosso amado Senhor Jesus Cristo através do Seu Anjo Mensageiro.

“Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer”, diz Apocalipse, capítulo 4, versículo 1. Com essa Voz de Trombeta é que Cristo nos fala no Dia do Senhor.

Em Apocalipse, capítulo 1, versículo 10 ao 11, o apóstolo São João diz:

“Eu fui arrebatado em espírito, no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta,

que dizia: Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o último.”

E quem é o Alfa e o Ômega? Quem é o primeiro e o último? Nosso amado Senhor Jesus Cristo. É a Voz de Jesus Cristo nosso Salvador nos falando neste Último Dia (no Dia do Senhor, que é o sétimo milênio), e nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer; e assim chamando e juntando todos os escolhidos na Era da Pedra Angular, e os escolhidos na Era da Pedra Angular vendo cara a cara a Jesus velado e revelado através do Seu Anjo Mensageiro.

Assim como os escolhidos de cada era do passado viram Jesus velado e revelado na porção correspondente a cada era, através do anjo mensageiro que Deus lhes enviou na era em que eles viveram.

Agora vejam quão simples é todo o Programa de Deus, para que possamos assim ver o Senhor Jesus Cristo em cada era, em cada tempo, velado e revelado através do mensageiro de cada era.

Por isso é que o Anjo do Senhor Jesus Cristo, quando João quis adorá-lo, disse que não o fizesse [Apocalipse 19:9-10, 22:6-9], porque ele é um homem redimido pelo Sangue de Cristo, através do qual Cristo estaria se velando e se revelando no Último Dia; para por meio desse mensageiro falar a Sua Igreja com essa Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino todas estas coisas que em breve devem acontecer, e assim ser chamado e juntado cada escolhido de Deus do Último Dia, e serem preparados para nossa transformação; e os mortos em Cristo serem ressuscitados neste Último Dia; e quando eles forem ressuscitados, pois nós seremos transformados. Já estaremos todos completos.

Enquanto não estiver a completo o Corpo Místico de Cristo, o qual se completa na Era da Pedra Angular por meio do chamado de Jesus Cristo, esse chamado da Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino nos revelando o mistério da Sua Vinda…; porque o Evangelho do Reino gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação, assim como o Evangelho da Graça gira ao redor do que? Da Primeira Vinda de Cristo como o Cordeiro de Deus tirando o pecado do mundo na Cruz do Calvário.

Agora, chegamos ao tempo final, onde os escolhidos estariam vendo quem? A Jesus, ao Senhor Jesus Cristo, o Anjo do Pacto, na Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino velado e revelado por meio do Seu Anjo Mensageiro, nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer.

Mas Seu Anjo não é o Senhor Jesus Cristo; é um dos redimidos por Jesus Cristo do Último Dia, da Era da Pedra Angular e da Dispensação do Reino, e ele é o mensageiro de Jesus Cristo para a Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino; através do qual escutaremos neste tempo final a Voz de Jesus Cristo, a Voz do Filho do Homem, essa Grande Voz de Trombeta ou Trombeta Final.

E agora, o chamado de Cristo é; de Deus é, que olhemos: olhemos a Ele — no Último Dia, na Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino — e escutemos a Ele nos falando todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final.

E para que o possamos ver, pois Ele tem que se velar e se revelar em carne humana, através do Seu Anjo Mensageiro. É a única forma em que os escolhidos poderão vê-lo e escutá-lo no Último Dia.

Mas a promessa é que estaremos OLHANDO E VENDO A JESUS NO ÚLTIMO DIA.

E para o povo hebreu também há essa promessa. Em Zacarias, por exemplo, temos a promessa para o povo hebreu, onde diz… Vejamos: Zacarias, capítulo 12, versículo 10 em diante, diz:

“E sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e o prantearão como quem pranteia por um unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito.

Naquele dia, será grande o pranto em Jerusalém, como o pranto de Hadade-Rimom no vale de Megido.

E a terra pranteará; cada linhagem à parte; a linhagem da casa de Davi, à parte, e suas mulheres, à parte, e a linhagem da casa de Natã, à parte, e suas mulheres, à parte;”

E continua enumerando aí as diferentes famílias ou casas do povo hebreu e como estarão chorando, cada família.

Assim acontecia no dia da expiação (nos dia 10 do sétimo mês de cada ano) no meio do povo hebreu, quando se sacrificava o bode da expiação; nessa ocasião, vejam vocês, em Levítico nos diz o que o povo tinha que estar fazendo, porque o povo tinha que se arrepender dos seus pecados e clamar a Cristo, a Deus, por misericórdia.

Agora vejam, no capítulo 23 de Levítico, versículos 26 ao 32, diz:

“Falou mais o SENHOR a Moisés dizendo:

Mas, aos dez deste mês sétimo, será o Dia da Expiação; tereis santa convocação, e afligireis a vossa alma, e oferecereis oferta queimada ao SENHOR.

E, naquele mesmo dia, nenhuma obra fareis, porque é o Dia da Expiação, para fazer expiação por vós perante o SENHOR, vosso Deus.

Porque toda alma que, naquele mesmo dia, se não afligir será extirpada do seu povo.”

Veem que é um dia de se afligir, se arrepender dos seus pecados e se afligir por seus pecados e pedir misericórdia a Deus? Isso vai se materializar no povo hebreu e com o povo hebreu neste Último Dia, quando tiver entrado a plenitude dos gentios, ou seja: quando tiver entrado até o último dos escolhidos do Corpo Místico de Cristo, o qual entrará com o chamado da Grande Voz de Trombeta ou Trombeta Final, com a Voz da Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino chamando e juntando todos os escolhidos de Deus.

E já há muitos escolhidos que foram chamados e juntados na Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino, e faltam muito poucos para chegar; mas estaremos levando a Mensagem por toda a América Latina e o Caribe, para que se complete o número dos escolhidos de Deus.

E quando se completar, cumpre-se o que disse São Paulo: “E quando tiver entrado a plenitude dos gentios, então será que virá de Sião o Libertador (A quem? Ao povo hebreu) e tirará de Jacó a impiedade” [Romanos 11:25-26]. Mas primeiro tem que se cumprir a plenitude dos gentios, ou seja: primeiro tem que entrar até o último dos escolhidos no Corpo Místico do Senhor Jesus Cristo.

E em seguida, pois os mortos em Cristo serão ressuscitados em corpos eternos e nós os que vivemos seremos transformados.

E estando com o corpo novo, pois já estaremos adotados; porque essa adoção é a redenção do corpo, onde obteremos o corpo novo.

E já estando adotados, pois estaremos de 30 a 40 dias aqui na Terra; e durante esses 30 ou 40 dias, as manifestações de Deus no meio de Sua Igreja, estando todos com corpos eternos, será tão grande que estremecerá o mundo inteiro; e o povo hebreu olhará e verá o que eles transpassaram; o verão manifestado no meio da Sua Igreja no Último Dia.

E agora, vejam como para o Último Dia estará velado e revelado em Seu Anjo Mensageiro; e o povo hebreu verá essa manifestação tão grande, no meio da Igreja de Jesus Cristo, e eles dirão: “Isto é o que nós estamos esperando.”

Mas recordem que Ele vem com um nome que ninguém entende; não vem com o nome Jesus.

Como quando o povo hebreu viu José, seu irmão: os irmãos de José, quando o viram no Egito, o viram com um nome novo e não sabiam que era José; mas era José vestido com vestimentas gentias, vestido de gentio, e falando como gentio. A vida de José; vejam vocês, tipifica ou representa a Primeira e Segunda Vinda de Cristo.

Agora podemos ver que para este tempo final, Cristo, o Anjo do Pacto, que libertou o povo hebreu…, o qual disse aos hebreus: “Antes que Abraão nascesse; eu sou. Abraão desejou ver meu dia; viu-o, e se alegrou” [João 8:56-58]. Dizem: “Não tens cinquenta anos, e dizes que viste a Abraão (?)”; ou seja: estão lhe dizendo: “Tu és mentiroso”. Mas verdadeiramente antes de Abraão era Jesus.

São João dizia que o que vinha depois dele era antes que ele; mas também era antes de Abraão, e era antes de Noé, e era antes de Sete, e era antes de Adão também; porque “no princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus; por Ele foram feitas todas as coisas” [São João 1:1, 1:3].

Assim que, antes da Criação temos Jesus, o Verbo, criando todas as coisas; porque Ele é o Deus Todo-Poderoso, Emanuel, o qual se fez carne e habitou no meio do povo hebreu.

Agora podemos ver que o Verbo que se fez carne estava com Deus e era Deus. É o mesmo Deus em Seu corpo teofânico, que em seguida criou o corpo de carne e habitou no corpo de carne chamado Jesus, Emanuel, Deus conosco.

E agora, vejam a forma de olhar e ver o Anjo do Senhor, ao Anjo do Pacto no meio do povo hebreu quando se fez carne: olhando Jesus e reconhecendo que era o Verbo encarnado, que era o Anjo do Pacto no meio do povo hebreu vestido de carne humana na forma de um profeta; e isso era o cumprimento da Primeira Vinda de Cristo, para realizar a Obra de Redenção na Cruz do Calvário. Era o Verbo, a Palavra encarnada em um homem chamado Jesus.

Viram o simples que é tudo? E assim é para nosso tempo, no qual nós vivemos, para que estejamos olhando Jesus no Último Dia, em Sua manifestação final, e escutando Jesus em Sua manifestação final nos dando Sua Mensagem Final, que é a Mensagem do Evangelho do Reino, a Mensagem da Trombeta Final, que gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo.

Mas o véu de carne através do qual Ele estará manifestado no meio de Sua Igreja no Último Dia não é o Senhor Jesus Cristo: ele é um redimido pelo Sangue de Jesus Cristo. Ele é o profeta da sétima dispensação, da Dispensação do Reino, e mensageiro da Era da Pedra Angular. E é o último dos profetas de Deus: depois desse, não vêm mais profetas; com esse, Cristo seguirá para o Milênio e para toda a eternidade.

E agora, podemos ver por que é que Cristo faz tão grandes promessas a esse último profeta. Mas dessas promessas não vamos falar agora, mas que em outra ocasião falaremos e veremos como Deus estará cumprindo essas promessas ao Anjo que Ele envia para dar testemunho destas coisas nas Igrejas.

Como estaremos escutando a Jesus Cristo nos falando neste dia? Por meio de Seu Anjo Mensageiro enviado para dar testemunho de todas estas coisas que devem acontecer neste tempo final.

“Eu Jesus enviei meu anjo para dar testemunho destas coisas nas Igrejas” [Apocalipse 22:16].

Assim é como escutaríamos Jesus nos falando: por meio de Seu Anjo Mensageiro; e assim é como o veríamos velado e revelado através de carne humana: através de Seu Anjo Mensageiro.

E assim é como nós estaríamos olhando a Jesus no Último Dia: velado e revelado nos falando todas estas coisas que devem acontecer neste tempo final; mas sempre recordando que Seu Anjo Mensageiro não é o Senhor Jesus Cristo, mas que ele é Seu instrumento. Ele é um dos irmãos, ele é um eleito de Deus, ele é um do Corpo Místico do Senhor Jesus Cristo.

A promessa é que do meio dos irmãos Deus levantaria profeta como Moisés; assim o cumpriu em Jesus e cumprirá no Anjo de Jesus Cristo também; isso já é em escala maior. E em escala menor, pois cumpriu em cada profeta que Ele enviou, para cada tempo da Dispensação da Lei e para cada tempo da Dispensação da Graça.

Agora o importante — em nosso tempo — é estar olhando a Jesus no Último Dia; e para vê-lo, temos que saber a quem estamos buscando; mas o precursor da Segunda Vinda de Cristo já nos disse que o Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse, capítulo 19, versículos 11 ao 21 (o qual é Cristo vindo), disse:

“121. Mas quando nosso Senhor aparecer sobre a Terra, Ele virá sobre um cavalo branco como a neve, e será completamente Emanuel — a Palavra de Deus encarnada em um homem.”

Em um homem é que a Igreja do Senhor Jesus Cristo estaria esperando ver a Jesus no Último Dia, velado e revelado. Não há outra forma para se cumprir essa promessa.

Chegamos ao Último Dia ou sétimo milênio, o Dia do Senhor, no qual João escutou essa Grande Voz de Trombeta, a qual nós escutaríamos também neste tempo final.

Que as bênçãos de Jesus Cristo, o Anjo do Pacto, sejam sobre todos vocês e sobre mim também, e em breve se complete o número dos escolhidos de Deus e em breve todos sejamos transformados e levados a Casa do nosso Pai celestial, à Ceia das Bodas do Cordeiro. No Nome Eterno do Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

Deixo conosco novamente Miguel Bermúdez Marín, para continuar e finalizar nossa parte nesta ocasião.

Já vimos aqui (até que chega Miguel)… Na Era da Pedra Angular, aí é onde estamos neste tempo, e aí é onde veríamos e estaríamos olhando e vendo a Jesus, e aí o estaríamos escutando; e já vimos como o veríamos e como o escutaríamos, e o que escutaríamos d’Ele; e tudo isto para chamar e juntar os escolhidos, Seus escolhidos, e nos preparar e nos transformar neste tempo final.

Bom, já por aqui temos Miguel. Que Deus os abençoe, que Deus os guarde, e conosco o reverendo Miguel Bermúdez Marín. Até amanhã, Deus primeiro.

 “OLHANDO E VENDO JESUS NO ÚLTIMO DIA”.

[Revisão abril 2020]

Eu, Jesus, enviei o meu anjo para dar a vocês este testemunho concernente às igrejas. Eu sou a Raiz e o Descendente de Davi, e a resplandecente Estrela da Manhã". Apocalipse 22:16