O Caminho para a Vida Eterna - CULTO AO VIVO: "A MISSÃO DA IGREJA DE JESUS CRISTO" - 21 de fevereiro de 2020

CULTO AO VIVO: "A MISSÃO DA IGREJA DE JESUS CRISTO"

Transcrição reproduzida da página: https://mensajes.carpa.com/mensajes/1998/09/la-mision-de-la-iglesia-de-jesucristo/?lang=pt-br

 

Muito boa tarde amados irmãos e irmãs presentes. É para mim um grande privilégio estar com vocês nesta ocasião, para compartilhar com vocês uns momentos de companheirismo ao redor da Palavra de Deus e Seu Programa correspondente a este tempo final.

         Cristo, em São Lucas, capítulo 24, versículos 44 ao 49, disse… Isto foi quando Ele já tinha ressuscitado, e pensaram que era um espírito, e pediu algo de comer; deram um pedaço de peixe e um pedaço de favo de mel, ou um favo de mel; comeu diante deles, e em seguida lhes disse:

         “E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na Lei de Moisés, e nos Profetas, e nos Salmos.

Então, abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras.

E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse e, ao terceiro dia, ressuscitasse dos mortos;

e, em seu nome, se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém.

E dessas coisas sois vós testemunhas.

E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder.

E levou-os fora, até Betânia; e, levantando as mãos, os abençoou.

E aconteceu que, abençoando-os ele, se apartou deles e foi elevado ao céu.

E, adorando-o eles, tornaram com grande júbilo para Jerusalém.

E estavam sempre no templo, louvando e bendizendo a Deus. Amém!”

         Vimos o que aconteceu lá nos dias da Primeira Vinda de Cristo, onde o Programa de Redenção, onde o que estava no cordeiro pascal que o povo hebreu sacrificou para o dia antes da saída do Egito (e esse cordeiro pascal que todos os anos cada família sacrificava), em Jesus se cumpriu; e em seguida também todos os demais sacrifícios de animaizinhos que eram oferecidos a Deus, se cumpriu em Jesus. O sacrifício do bode se cumpriu também em Jesus, o sacrifício do bezerro ou bezerra que o sumo sacerdote sacrificava por ele e pelos sacerdotes também se cumpriu em Jesus. Porque todo sacrifício pelo pecado foi cumprido em Jesus.

         Agora, vejam quando Jesus veio para cumprir todos esses tipos e figuras; porque tinham se refletido no Antigo Testamento, em todos esses tipos e figuras, tinha se refletido o que o Messias faria em Sua Primeira Vinda.

         Mas vejam; os discípulos de Jesus Cristo não compreendiam tudo o que; tinha que acontecer a Jesus; não compreendiam que Jesus, conforme o Programa de Redenção; tinha que morrer.

         E em uma ocasião, Pedro, quando Jesus diz que tem que morrer, mas em seguida vai ressuscitar, Pedro diz: “Tal coisa não te vá acontecer”; porque lhe disse que tinha que ir a Jerusalém e que o iriam prender, o iam julgar, o iriam condenar e o iam matar, mas que ao terceiro dia iria ressuscitar; quando Pedro escuta tudo isso que vai acontecer com Jesus, diz: “Tal coisa não vai acontecer a ti.”

         Se a pessoa souber que vai a tal cidade, vai ter um acidente ou vai ter um problema ou o vão prender e o vão matar, pois a pessoa não vai a esse lugar.

         Agora: “Tal coisa não vai acontecer a ti”. Queria impedir que Jesus fosse a Jerusalém; mas Ele tinha que ir a Jerusalém para realizar a Obra de Redenção, e tinha que ser no tempo de Deus; porque Deus não aceita as coisas fora de tempo: em Seu Programa cada coisa tem seu tempo.

         Pensem em um homem neste tempo dizendo: “Eu sou o mensageiro da segunda era da Igreja, e esta é a Mensagem para a segunda era”. Veio muito tarde. O mensageiro para a segunda era já veio e se foi. Mas se não tivesse vindo nesse tempo, já era muito tarde para vir, veem? Porque Deus tem em Seu Programa cada coisa para cada tempo.

         E agora, se São Paulo ou Irineu ou Martín aparecesse neste tempo dizendo que é o mensageiro deste tempo, também estaria fora de lugar. Por quê? Porque eles foram mensageiros para a era em que eles viveram. Se tentam ser mensageiros em nossa era, não podem entrar como mensageiros para nossa era, porque Deus já tem tudo ordenado para nossa era.

         E por isso é que não tem dois mensageiros ao mesmo tempo para uma mesma era, somente um mensageiro. E para cada dispensação tem um só mensageiro; e muito poucas vezes se conheceram dois mensageiros dispensacionais.

         Somente temos um ou dois casos nada mais: no caso de Adão e Sete, eles se conheceram, porque Sete era filho de Adão; e no caso de Sete e Noé, não sei se chegaram a se conhecer (isso podemos investigar depois); mas daí em diante estavam muito longe. No princípio sim (por quê?) porque no princípio duravam tantos anos que as pessoas algumas vezes viam seus netos, seus tataranetos e seus (que mais?)… Viam todos os… a um montão de tátaras por aí, viam até a quarta geração.

         E não se sabe se alguns passavam… porque Matusalém viveu 969 anos, e digamos que a cada 50 anos um dos filhos… digamos, o filho de Matusalém se casou, e vamos ver quantos anos tinha quando teve seu primeiro filho.

         Antes, não se preocupavam como hoje em dia os jovens se preocupam em se casarem jovenzinhos e terem filhos rápido; antes algumas vezes tinham o primeiro filho aos 40 ou 50 ou 60 anos, e algumas vezes passavam dos 100 anos para ter o primeiro filho; assim que se casavam talvez não tão jovens.

         Mas no tempo em que nós vivemos não se vive tanto tempo; portanto, é bom que os jovens se casem jovens, para que tenham seus filhos estando jovens; e quando já seus filhos tiverem de 10 a 15 anos, se vejam como os papais ou os papais se vejam como seus filhos, jovenzinhos também, e assim desfrutem de sua família estando jovenzinhos.

         Não venham esperar ficarem muito idosos, porque a mulher tem até certo tempo para ter filhos sem problemas; daí em diante; podem ter alguns problemas; e por isso não é preciso esperar tanto, como se esperava antes.

         Veja, uma pessoa que vivia 900 anos podia dizer: “Não, se ainda eu tenho tempo. Tenho tempo ainda de… Tenho que trabalhar muito, tenho que fazer minha casa e todas estas coisas”; e se casavam, parece, um pouquinho tarde.

         Mas uma pessoa que vivia 900 anos, se casar com 100 anos, isso era como uma…, quase um décimo parte de sua vida. E uma pessoa que dura 90 anos, pois se casar… Olhem; uma pessoa que dura 90 anos, a décima parte de sua vida são quanto? 9 anos. E uma pessoa que tinha naquele tempo 90 anos e ia viver 900 anos, tinha uma décima parte de sua vida; estava como um jovenzinho de 9 anos aqui.

         Ou seja: que, comparando os anos que podiam viver as pessoas, pois uma pessoa de 90 anos podia dizer: “Eu ainda sou um adolescente”, ou uma criança: “Eu ainda sou uma criança.”

         Bom em Isaías, capítulo 65, nos diz que a criança morrerá de 100 anos; porque comparando 1000 anos (o que será o Reino Milenial), a décima parte de 1000 anos são 100 anos. Agora, uma pessoa que morre no Reino Milenial aos 100 anos, morreu sendo uma criancinha; equivale a uma criança de 10 anos do nosso tempo.

         E haverá morte no Milênio? Claro que sim; mas não para os escolhidos, porque os escolhidos estarão em seus corpos eternos e glorificados, e serão os reis com nosso amado Senhor Jesus Cristo.

         Mas o resto das nações que entrarão no Reino Milenial, e que serão privilegiadas ao entrar no Reino Milenial, diz que a criança morrerá de 100 anos; ou seja: que uma pessoa que tiver 100 anos no Reino Milenial e não for um crente, essa pessoa já terminou seu tempo de vida no Reino Milenial.

         E diz que o pecador morrerá com quantos anos? Aos 100 anos também. Ou seja: que o pecador, que não tiver se arrependido e convertido a Deus durante o Reino Milenial, aos 100 anos termina seu tempo; mais tempo que o que têm na atualmente as pessoas.

         É que durante o Reino Milenial estará sendo preganda, ensinando a Palavra de Deus, como diz Habacuque, capítulo 2, versículo 14, onde nos diz que “Não farão mal em todo meu santo Monte; porque a Terra será cheia do conhecimento da glória do Senhor.”

         Ou seja: a Terra será cheia do conhecimento da Segunda Vinda de Cristo, a Vinda de Cristo em glória. E do conhecimento da Segunda Vinda de Cristo, a Terra será cheia. E os que durante o Reino Milenial não forem crentes em tudo o que se estará ensinando no Reino Milenial, seu direito de continuar vivendo nesse Reino, chegará até quantos anos? Até 100 anos.

         Agora, durante o Reino Milenial também continuarão tendo filhos e filhas os habitantes das diferentes nações. E esperamos que o Reino Milenial esteja cheio e se encha ainda mais do que? De latino-americanos e caribenhos. Ou seja que: pelo que podemos ver através do Programa de Deus, o maior número de habitantes para o Reino Milenial como vão ser de latino-americanos e caribenhos.

         E para mim é de grande regozijo e de agradecimento a Deus que no Reino Milenial, as pessoas que vivam sobre a Terra, nas nações (ou seja: aqui na Terra), nas nações latino-americanas e caribenhas… Não sabemos que nome terão para o Reino Milenial; se é preciso que mudar o nome, vão mudar.

         Bom, por exemplo, à parte da Ásia Menor poderíamos chamar “São Paulo”, pois há… o Brasil tem uma cidade que se chama “São Paulo”. Por que não ao território da Ásia Menor, onde São Paulo foi seu mensageiro? A cidade de São Paulo ou a nação de São Paulo.

         Bom, no Brasil, pois honraram São Paulo colocando o nome na capital. E se coloca o nome na nação que corresponde ao território onde São Paulo foi seu mensageiro? Seria honrar ao apóstolo São Paulo em uma maneira maior, colocando seu nome em uma nação completa.

         E se colocarmos o nome de Irineu no território por onde está a França na atualidade? E assim por diante.

         E talvez esses territórios depois sejam maiores, e cubra…, e o planeta Terra, pois possa estar dividido em quantas partes? Digamos, em 8 continentes, e que nos deixem o número 8 para nós.

         E do nome do número 8, pois que nos deixem. Deus já o tem que ter. Deus o tem desde antes da fundação do mundo. Mas se nós fôssemos escolher, também escolheríamos da mesma forma que Deus o fez desde antes da fundação do mundo: para cada continente poríamos o nome de cada mensageiro.

         Agora, se para a Cidade do nosso Deus, que nome Deus vai pôr? Seu Nome Eterno. Esse é o nome da Cidade do nosso Deus.

         Assim vejam vocês, se Deus vai colocar a…, ou colocou a Santa Jerusalém, à Nova Jerusalém, a Jerusalém celestial: o nome dela é o Nome de Deus, pois na mesma forma Deus fará com os continentes que estarão existindo durante o Reino Milenial.

         Temos aí o padrão: na mesma forma que Deus faz para Ele, Sua Cidade, pois também as áreas e eras são mencionadas pelos nomes também de seus mensageiros.

         O exemplo; temos também no Israel terreno. Não colocaram no Israel terreno o nome de Jacó, de Israel? E não colocaram às diferentes áreas ou estados de Israel, não lhes colocaram o nome de cada um dos patriarcas? Vejam; Deus tem uma forma de atuar.

         E agora, e o Israel celestial? O Israel celestial; vejam vocês, tem também grandes homens: os anjos mensageiros das diferentes eras, desde aqui até aqui em cima; e não há melhores nomes que esses nomes para as nações ou continentes que existirão durante o Reino Milenial. E diante a cada continente, seguramente, estará o anjo mensageiro desse território; e haverá um Governo no qual a Lei Divina será a que estará regendo todas as nações.

         Agora, podemos ver que o Israel terreno, o povo hebreu, reflete o Israel celestial. E se o reflexo dele (quando você coloca sua mão assim, diante de uma luz, e há uma parede lá) mostra que há cinco dedos, quando você vir sua mão, quantos vai ter? Não terá crescido outro dedinho pelo lado: terá cinco dedos também.

         Agora, podemos ver que no Israel terreno se refletiu o Israel celestial; igual ao que no templo de Moisés e no templo de Salomão se refletiu o Templo celestial, o Templo de Deus do Céu; e se refletiu, consequentemente, o Templo do Senhor Jesus Cristo, que é Sua Igreja.

         Agora, podemos ver que através da Escritura encontramos, podemos encontrar nosso tempo refletido lá, e podemos encontrar quem somos nós no Programa de Deus.

         Por exemplo, no templo: o templo tem átrio, tem lugar santo e tem lugar santíssimo. E a porta do leste está onde? No leste, e Israel está no Oriente Médio (ou seja: Meio Leste); e por lá começou a Dispensação da Graça. E no leste, ali está a porta do leste, Jesus Cristo nosso Salvador, dando entrada a todos os que creem n’Ele como nosso Salvador, para entrar onde? À Casa de Deus, à Igreja de Jesus Cristo.

         E no oeste o que estava? O lugar santíssimo do templo de Deus, onde estava a arca do pacto, os dois querubins e a glória de Deus no meio dos dois querubins.

         E na construção do Templo de Jesus Cristo, encontramos que a parte do Lugar Santíssimo correspondeu à América Latina e ao Caribe, que é a que se encontra no oeste, ou seja: no ocidente. E a promessa de Cristo em São Mateus, capítulo 24, versículo 27, é que a Vinda do Filho do Homem será (como?) como o relâmpago que sai (de onde?) do oriente (onde foi a Primeira Vinda de Cristo) e se mostra (onde?) no ocidente.

         Agora vejam; Cristo durante as diferentes etapas cumpriu Sua Primeira Vinda aqui, e continua como o relâmpago movendo-se, até resplandecer onde? No ocidente, na Era da Pedra Angular, na América Latina e no Caribe. Aí é onde resplandece como o relâmpago, o Filho do Homem, em Sua Segunda Vinda com Seus Anjos, e aí é onde o Filho do Homem como o relâmpago…

         Recordem; primeiro relampeja, e escutem o que acontece depois: troveja. Os Trovões, os sete trovões de Apocalipse, capítulo 10, encontramos que é na Vinda do Filho do Homem como o relâmpago resplandecendo; e no ocidente resplandece, e se escutam os Trovões; e isso é a Voz de Cristo clamando como quando ruge um leão.

         E assim como muitas pessoas, quando está relampejando e trovejando se assustam, assim também acontece quando alguma pessoa encontra um leão rugindo, qualquer um se assusta. Talvez se assusta igual ou mais que quando está relampejando e trovejando.

         Agora, podemos ver que a nós na América Latina e no Caribe nos correspondeu a melhor parte do Programa de Deus: a parte do ocidente, que é a parte do Lugar Santíssimo do Templo espiritual de Cristo.

         Agora, através da Escritura nós encontramos que há lugar santo, lugar santíssimo e também temos o átrio. O átrio está à frente, mas também nos lados… (Havia átrio nos lados, Miguel?). Há átrio aqui à frente, mas o átrio cobre todo o templo.

         E em Apocalipse, capítulo 11, vamos ver o que nos diz aí…

         É somente uma saudaçãozinha, mas parece que nesta saudaçãozinha está saindo algo aqui que… vamos dar e depois já… Diz:

         “E foi-me dada uma cana semelhante a uma vara; e chegou o anjo e disse: Levanta-te e mede o templo de Deus (recordem que é o Templo de Deus), e o altar, e os que nele adoram.

E deixa o átrio que está fora do templo …”

         “Mas o átrio...”

         Qual é o átrio, Miguel? O átrio. Vamos ver:

         “E deixa o átrio que está fora do templo e não o meças; porque foi dado às nações, e pisarão a Cidade Santa por quarenta e dois meses.”

         Aí podemos ver que para Israel, para Jerusalém lá, vem um tempo bem difícil.

         E isso reflete também — no Templo de Deus — que para a parte que pertence ao Átrio, onde estão as virgens fátuas, que corresponde esse território às virgens fátuas, vem um aperto que em seguida se converterá em uma perseguição a morte, onde serão martirizadas as virgens insensatas, que não tinham azeite; e por isso em seguida aparecem em Apocalipse, capítulo 15, sobre um mar de vidro; diz:

         “E vi outro grande e admirável sinal no céu: sete anjos que tinham as sete últimas pragas, porque nelas é consumada a ira de Deus.

E vi um como mar de vidro misturado com fogo e também os que saíram vitoriosos da besta, e da sua imagem, e do seu sinal, e do número do seu nome, que estavam junto ao mar de vidro e tinham as harpas de Deus.”

         E o mar de bronze no tabernáculo de Moisés e o templo de Salomão, onde estava? No átrio.

         Agora, essa multidão pertence a que? Ao Átrio da Casa de Deus.

         “E cantavam o cântico de Moisés, servo de Deus…”

         Por quê? Porque para o Último Dia, essa multidão que ninguém podia contar sai sob o ministério de Moisés, que é o último ministério que estará manifestado no meio da Igreja de Jesus Cristo e em seguida no meio do povo hebreu, junto com o ministério de Elias pela quinta vez e de Jesus pela segunda vez.

         “… e o cântico do Cordeiro (por quê? Porque aí estará o ministério de Jesus manifestado de novo), dizendo: Grandes e maravilhosas são as tuas obras, Senhor, Deus Todo-poderoso! Justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei dos santos!

Quem te não temerá, ó Senhor, e não magnificará o teu nome? (por quê? Porque o Nome estará aí manifestado) Porque só tu és santo; por isso, todas as nações virão e se prostrarão diante de ti, porque os teus juízos são manifestos.”

         É para esse tempo do juízo divino caindo sobre a Terra, onde estas virgens insensatas ou fátuas morrerão durante a grande tribulação, porque a besta as destruirá, as matará; mas morrerão como mártires, e isso é uma bênção para elas.

         E aqui, vejam vocês como Cristo nos mostra as coisas que estarão acontecendo para as pessoas que estarão no Átrio.

         Mas onde estão os escolhidos de Deus deste Último Dia? No Lugar Santíssimo do Templo de Deus. Portanto, somente passaremos por um aperto; e vamos dizer: um aperto leve, comparado com os apertos e perseguições que a Igreja teve em eras passadas.

         Mas a parte da perseguição forte cairá sobre as virgens insensatas; porque já para esse tempo os escolhidos estarão com Cristo na Ceia das Bodas do Cordeiro, por três anos e meio desfrutando dessa grande festa no Céu.

         Já teremos nosso novo corpo, já não teremos os problemas que temos atualmente; e depois que tiver terminado a grande tribulação aqui na Terra e tiver terminado a festa da Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu — onde cada qual, cada pessoa, cada filho e filha de Deus será recompensado por Cristo, Deus dará Seu galardão —, em seguida regressaremos à Terra para o glorioso Reino Milenial, com nosso amado Senhor Jesus Cristo.

         Agora podemos ver como o Programa de Deus para nosso tempo tem diferentes facetas, mas a que mais nos chama a atenção é a faceta que tem a ver com os escolhidos de Deus. Mas tudo o que pudermos fazer a favor das virgens insensatas, estaremos fazendo também; porque eles dependem dos escolhidos de Deus.

         E foi dito que… vamos ver aqui: Página 10-A (já vamos finalizando), página 10-A, versículo 99, do livro de Citações, diz:

         99 – “No mesmíssimo minuto em que esse mundo denominacional de fora começa a receber esta Mensagem, essa é exatamente a hora de Sua Vinda. Quando elas foram, as virgens fátuas compreenderam que não tinham suficiente azeite em suas lâmpadas. E quando vieram bater a porta para obtê-lo, aí foi exatamente quando a Noiva se foi, quando as virgens prudentes se foram. Elas não entraram (ou seja: as fátuas não entraram). Não. Suas organizações não poderão entrar. Elas não terão a oportunidade: no momento em que a Mensagem estiver em circulação, a Igreja terá ido.”

         Agora, primeiro, vejam vocês, as virgens fátuas vão ter um momento de oportunidade: estarão recebendo a Mensagem; diz que quando o mundo denominacional começa a receber a Mensagem, essa é a hora de Sua Vinda.

         E quando se fala do Dia do Senhor ou do Último Dia, são mil anos para os seres humanos. Quando se fala de 1 hora de Deus, está se falando de 41 anos com 8 meses.

         E nesse ciclo divino de 41 anos e 8 meses; é onde o mundo denominacional vai estar recebendo a Mensagem; é o momento em que também as virgens prudentes entram com Cristo ou já estarão dentro com Cristo. Onde vão estar? Pois aqui dentro, na Era da Pedra Angular, com Cristo; e em seguida se fechará a porta, porque já terá entrado cada pessoa que tem seu nome escrito no Livro da Vida do Cordeiro.

         E há muitas pessoas em todos os grupos, que têm seus nomes escritos no Livro da Vida do Cordeiro; e alguns estão fora também, não assistem a nenhum lugar; mas tem que chegar à Mensagem a todos, para poder se completar o número dos escolhidos de Deus.

         Temos um trabalho, e é levar a Mensagem por todos os lugares, para que Cristo chame e junte seus escolhidos na Era da Pedra Angular, e se complete o número dos escolhidos de Deus; e os mortos em Cristo ressuscitem e nós os que vivemos sejamos transformados.

         Temos uma missão da parte de Cristo, assim como foi com os escolhidos de Deus e Seus mensageiros das eras passadas. E agora vimos qual é a nossa missão, nosso trabalho na Obra de Cristo, para que se complete o número dos escolhidos de Deus; e nesse trabalho é que trabalhamos.

         Sempre na Igreja do Senhor Jesus Cristo, através das diferentes eras, todos foram valentes; deram suas vidas por Cristo em eras passadas também, como mártires; e trabalharam por Cristo com toda a alma, com amor divino…, uns mais que outros. Porque mesmo que todos foram valentes, entre todos os valentes há pessoas que são mais valentes que os valentes, que os mesmos valentes; há uns que se sobressaem mais em algumas etapas da história bíblica.

         Dentre todos os valentes que Davi tinha, encontramos que tinha os principais valentes; e assim também acontece na Obra de Jesus Cristo.

         Em cada era e dispensação, o mensageiro de cada era é o valente desse tempo; e com ele está a Igreja de Jesus Cristo como a Igreja valente, que trabalha na Obra de Cristo e se mantém em pé, não importa o que o mundo fale contra ela ou contra o mensageiro que Deus enviou.

         E entre todos esses membros da Igreja de Cristo que são valentes, há valentes deles que estão braço a braço com o mensageiro, levando a Mensagem pessoalmente e também colaborando bem diretamente economicamente, para que a Obra caminhe para frente cada dia a uma velocidade maior. Esses são mais valentes que os que ficam quietinhos, somente assistindo os domingos às atividades e os demais dias da semana; e não trabalham tanto como trabalham outros que colocaram seu coração, toda sua alma, seu espírito e suas forças para trabalhar na Obra de Cristo. Esses são os valentes dos valentes; e com esses, Deus opera coisas ainda fora dessa congregação, em outras comunidades, em outras cidades, e ainda em toda a nação e em outras nações também.

         E agora, vejam vocês, como houve valentes no tempo de Davi, teve valentes no tempo dos diferentes profetas, no tempo de Moisés também. Josué e Calebe foram os valentes que estiveram ao lado de Moisés e foram de bênção para todo o povo hebreu; porque depois com Josué entrou o povo hebreu à terra prometida, e Calebe se manteve com Josué braço a braço.

         Vejam; Josué, aquele jovem que saiu do Egito, em seguida com esse jovem o povo entrou à terra prometida, porque Deus estava com ele.

         Vejam que não importa a idade que a pessoa tiver, pode ser um valente na Igreja de Jesus Cristo.

         Agora, caminhemos em frente sempre, trabalhando na Obra de Cristo com toda nossa alma, com todo nosso coração; e quando estivermos com Cristo na Ceia das Bodas do Cordeiro, seremos reconhecidos como os valentes deste tempo final.

         E entre os valentes, pois vão se sobressair alguns como valentes dos valentes; ou seja: pessoas mais valentes que os valentes da nossa era, ou seja: com mais valentia da que tiveram alguns dos valentes; porque deram sua alma, seu coração, todas suas forças, e ainda trabalharam não somente indo pessoalmente, a mas ajudando para que a Obra de Deus caminhasse sempre em frente. E com valentes assim podemos dizer que a vitória é segura.

         E não somente porque há valentes em nossa era, mas porque está conosco o Anjo do Pacto, a Coluna de Fogo. É a Coluna de Fogo a que nos dá essa valentia, a que nos faz valentes para estar com Ele e como instrumentos d’Ele neste Último Dia.

         Foi para mim uma bênção e privilégio grande estar com vocês nesta ocasião, revelando, dando testemunho de “A MISSÃO DA IGREJA DE JESUS CRISTO” e dos valentes que ela teria neste tempo final.

         E eu digo: São Paulo teria desejado ter estes valentes que temos neste tempo; e também qualquer dos mensageiros das eras passadas; e ainda nosso irmão Branham teria desejado ter tido estes valentes que Cristo tem neste Último Dia, na Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino.

         Qualquer era teria desejado ter estes valentes deste tempo; mas correspondeu à Era da Pedra Angular. Qualquer mensageiro das eras passadas teria gostado de ter o grupo da nossa era; mas nos correspondeu aqui a nós.

         Temos a maior bênção que Deus tenha dado em era ou dispensação alguma, e nos correspondeu neste tempo.

         Por isso a Igreja de Jesus Cristo nesta etapa poderá dizer a Jerusalém e a todo o povo hebreu: “Não repares que sou morena, porque o Sol me olhou”. Pois o Filho do Homem vem como o sol, com Seu rosto como o sol, que é Sua Vinda como Rei dos reis e Senhor dos senhores; porque o sol é o astro rei, e Cristo em Sua Segunda Vinda é o Rei dos reis e Senhor dos senhores, é o Sol de Justiça para iluminar; com Sua manifestação e Sua revelação, iluminar a Dispensação do Reino no sétimo milênio.

         Bom, vimos a bênção tão grande que nos correspondeu, e A MISSÃO DA IGREJA DE JESUS CRISTO em suas diferentes etapas, e sua missão neste tempo final; e vimos que teria valentes neste tempo, como teve valentes no tempo passado.

         E agora, onde estão os valentes deste tempo final da Igreja de Jesus Cristo? Aqui estamos presentes, aqui na Cidade da Guatemala um grupo, em São Lucas outro grupo, e diferentes lugares da República da Guatemala, e diferentes lugares dos países latino-americanos e caribenhos; e alguns também em outras nações e continentes.

         Que Deus os abençoe grandemente e os use grandemente em Sua Obra, valentes de Jesus Cristo, do Filho de Davi! Neste Último Dia, na Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino.

         Que o Anjo do Pacto, Jesus Cristo, os abençoe e os guarde, e os use grandemente em Sua Obra, e lhes prospere espiritualmente e materialmente também. No Nome Eterno do Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

         Deixo conosco novamente o reverendo Miguel Bermúdez Marín.

         “A MISSÃO DA IGREJA DE JESUS CRISTO”.

            [Revisão fevereiro 2020]

Eu, Jesus, enviei o meu anjo para dar a vocês este testemunho concernente às igrejas. Eu sou a Raiz e o Descendente de Davi, e a resplandecente Estrela da Manhã". Apocalipse 22:16